Onefootball
Onefootball

Willian, o protagonista do último Choque-Rei


Escalado em todos os jogos do Palmeiras em 2018, o atacante foi o grande destaque do Verdão na vitória por 4×2 sobre o São Paulo no segundo turno do Brasileirão do ano passado, com dois gols e uma assistência.

O Palmeiras recebe o São Paulo nesta quinta-feira (8), às 20h30 (de Brasília), no 100º jogo da equipe no Allianz Parque, tentando manter os 100% de aproveitamento contra o rival em seu estádio (cinco vitórias em cinco jogos). Uma das principais armas da equipe para que isso aconteça é o atacante Willian, que guarda ótimas lembranças do último Choque-Rei.

O camisa 29 brilhou na partida contra o rival pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro do ano passado, ao marcar os dois primeiros gols da virada e dar passe para Hyoran sacramentar a goleada por 4×2, no Allianz Parque.

“Marcar gols sempre é o mais legal do futebol e é para isso que a gente trabalha. Poder jogar bem e balançar as redes nos clássicos é ainda mais especial, porque é aquele jogo que todo atleta gosta de jogar. Aquela partida com o São Paulo foi muito bacana e lembrarei para sempre, mas ficou no passado”, afirmou Willian.

“Agora é outro ano, outro campeonato, outros elencos e será uma partida extremamente difícil. O São Paulo tem um grande time e não podemos dar bobeira. Sei que o estádio estará lotado e contamos com a força da nossa torcida para entrar em campo, fazer uma bela apresentação e sair com a vitória”, completou.

Willian, aliás, é o único jogador a ter sido utilizado em todos os 12 jogos do Palmeiras na temporada. O Bigode, como é carinhosamente chamado, foi titular oito vezes, saiu do banco em três oportunidades, marcou um gol e deu duas assistências.

Dos últimos quatro clássicos vencidos pelo Palmeiras, Willian foi decisivo em três. Além do último Choque-Rei, o camisa 29 participou diretamente das vitórias por 2×1 sobre o Santos, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista de 2017, ao marcar o gol do triunfo, e da vitória por 2×1 contra o Peixe, nesta temporada, ao dar o passe para Borja garantir os três pontos.