Onefootball
André Gonçalves

Tudo o que precisa saber sobre Brasil x Japão 🇧🇷🇯🇵


A Seleção Brasileira enfrentará o Japão nesta sexta-feira (10) no primeiro de dois amistosos que disputará nessa janela internacional.

Depois de enfrentar o time asiático no Stade Pierre-Maurou, em Lille, a Canarinha irá enfrentar a Inglaterra quatro dias depois, em Wembley. Para o duelo contra o Japão, Tite deverá testar jogadores visando a disputa da Copa do Mundo e fechar o elenco para a competição.

Horário

Sexta-Feira, 10 de Novembro, 10h00, horário de Brasília

Onde assistir?

Na televisão aberta, a partida será transmitida pela TV Globo enquanto nos canais fechados o Sportv será o canal responsável pela transmissão.

Após ser quase descartado para o jogo, Philippe Coutinho participou do treinamento com o restante do elenco na última quarta-feira e existe a possibilidade de o meia ficar entre os reservas contra o Japão. Diego, por outro lado, nem sequer pisou o gramado e está vetado para o jogo contra o Japão.

Como esperado, Tite deve fazer alguns testes na zaga e no meio de campo. Entre as mudanças feitas por Tite, algumas já eram esperadas, como Danilo no lugar de Daniel Alves, Fernandinho ocupando a vaga de Renato Augusto e Giuliano no de Paulinho. No entanto, a grande novidade ficou por conta da escalação da zaga reserva: Thiago Silva e Jemerson.

O Brasil deve entrar com: Alisson, Danilo, Thiago Silva, Jemerson, Marcelo, Casemiro, Fernandinho, Giuliano, Willian, Neymar e Gabriel Jesus.

ESCALAÇÃO PROVÁVEL DO BRASIL

O Japão não terá a presença de seus principais jogadores para o duelo contra o Brasil na França. Honda, Kagawa e Okazaki ficaram de fora da lista de convocados para os amistosos que os Samurais Azuis farão na Europa, contra Brasil (10/11, em Lille) e Bélgica (14/11, em Bruges).

O treinador Vahid Halilhodzic explicou que preferiu testar outros jogadores e mandou um recado para os três: “Os nomes que estão aqui estão rendendo mais por seus clubes. Eles [Honda, Kagawa e Okazaki] não vêm mostrando o seu melhor. Já discuti com eles sobre isso. Isso é competição”.

ESCALAÇÃO PROVÁVEL DO JAPÃO

Desde 1989, quando as duas seleções se enfrentam pela primeira vez, o Japão jamais venceu a Seleção Brasileira. São 11 partidas, com nove vitórias para o Brasil e dois empates. No total, a Canarinho soma 31 gols marcados e apenas quatro sofridos.

O Brasil ganhou todas as últimas 4 partidas, marcando 3 ou mais gols em cada ocasião, com os últimos 3 sem levar nenhum gol. Isso inclui vitórias na Copa do Mundo de 2006 e Copa das Confederações de 2013.

Brasil e Japão foram duas das três seleções que se classificaram mais rápido para a Copa do Mundo de 2018. A equipe de Tite garantiu seu lugar na Rússia em março, tendo dominado as Eliminatórias da América do Sul, enquanto o Japão garantiu a sua vaga na Ásia em agosto.

No entanto, o futebol asiático permanece fraco em comparação as melhores seleções do mundo e, por isso, o favoritismo é todo da Seleção Brasileira para o duelo de sexta.

Sob a gestão da Tite, o Brasil cresceu e vem brilhando. Até aqui sofreu apenas uma derrota em 15 partidas desde a Copa América de 2016 (desde que Tite assumiu). Na frente Neymar e Gabriel Jesus formando uma parceria mortal no ataque, enquanto a zaga também vem fazendo grandes jogos, mostrando mais segurança.

O Brasil levou apenas 4 gols nesses 15 jogos e tem sido muito difícil passar pelo bloqueio defensivo, com Casemiro proporcionando uma grande proteção no meio-campo.