Onefootball
Nathalia Araújo

Seleção inicia treinos em Londres


Enquanto alguns jogadores foram a campo, outros fizeram apenas atividade regenerativa.

Nesta segunda-feira, a Seleção Brasileira iniciou os trabalhos de preparação visando os amistosos contra a Arábia Saudita (12/10) e a Argentina (16/10).

O técnico Tite não contou com Éverton, do Grêmio, que foi cortado por uma lesão na coxa. Seu substituto será Lucas Moura, do Tottenham. Inclusive, a Seleção está utilizando o CT do clube londrino para os treinos.

Outra ausência foi a de Renato Augusto, que se apresentou apenas na parte da tarde. Tanto ele, como Lucas Moura, estarão disponíveis para o treino desta terça-feira.

Os jogadores que atuaram na rodada do fim de de semana na Europa fizeram apenas um trabalho regenerativo. Enquanto isso, Pablo, Danilo, Fabinho, Gabriel Jesus, Malcom, Fred e Jhonny Lucas, além dos goleiros, treinaram com bola.


Pablo e Fabinho foram os que participaram da coletiva. O zagueiro veste o uniforme da Seleção pela primeira vez e agradeceu Fábio Carille, com quem trabalhou no Corinthians durante o ano passado.

“Meu ano de 2017 foi muito especial, amadureci demais jogando no Corinthians com o Carille. Eu falo sobre ele em todas as entrevistas, aprendi muito como profissional e pessoa. Ele é um cara espetacular, me ligou assim que saiu a convocação, dando parabéns, falando só coisas boas”.

“Sou muito grato pelo que aprendi, por todo o conhecimento tático que ele tem. E agora com o Tite, que é o treinador dele, digamos assim, vou aprender muito mais”, afirmou.

Fabinho, que, nesta temporada, se transferiu para o Liverpool, revelou a surpresa com a ligação do treinador canarinho ao ser convocado pela primeira vez.

“Antes da primeira convocação o Edu e o Tite ligaram para mim, eu não esperava essa ligação. Esperava receber uma oportunidade pelo trabalho que eu vinha fazendo, mas a ligação foi surpreendente”.

“Tite me perguntou se haveria problema contar comigo na lateral direita, se isso poderia me atrapalhar no clube. Eu disse que estar na Seleção só me ajudaria, e que sabia fazer as duas posições”, relatou o volante.