Onefootball
Onefootball

Ronaldo aconselha Neymar: “Fique longe da pressão o máximo possível”


Campeão da Copa do Mundo de 2002, Fenômeno aposta na rápida recuperação do atacante do PSG e comenta seu papel de líder na Seleção.

Em um evento da Nike para comemorar os 20 anos da chuteira Mercurial, Ronaldo, ex-atacante da Seleção Brasileira, foi perguntado sobre as comparações que surgiram em relação a lesão no joelho que sofreu em meados de 2000, e a de Neymar, que fraturou o quinto metatarso do pé direito.

“Muitas pessoas comparam a minha história antes daquela Copa (de 2002) com a dele agora, mas são situações totalmente distintas. Estou seguro de que a recuperação dele será bem mais rápida que a minha e ele chegará bem para a competição”, indicou.

FBL-FIFA-AWARDS-1520707949.jpg

O Fenômeno sofreu uma ruptura total dos tendões do joelho direito em abril de 2000, quando atuava pela Inter de Milão. Era a primeira partida após cinco meses de recuperação de outra lesão, sofrida no mesmo joelho. O camisa 9 ficou, ao todo, quinze meses afastado dos gramados, mas conseguiu ter ritmo de jogo e retornar a tempo de contribuir para a conquista do pentacampeonato do Brasil, em 2002, no Mundial da Coreia do Sul e Japão.

O ex-centroavante ainda deu uma opinião sobre as chances da seleção na Rússia, e como a coletividade pode ajudar. “Fazer previsões é complicado, mas tenho boas expectativas com essa equipe. Mesmo que Neymar não esteja inteiro até lá, temos outros jogadores muito bons”, revelou.

Brazil-v-Argentina-2018-FIFA-World-Cup-Russia-Qualifier-1520707975.jpg

Sobre a tensão de liderar o time na próxima competição, Ronaldo enfatizou a importância de o atacante do PSG ter apenas um foco nesse momento. “Que ele consiga se concentrar em se tratar e se recuperar bem, e evitar a pressão externa, que pode atrapalhar o que ele tem feito”, completou.