Onefootball
Luiz Signor

Roger Machado mostra confiança no Bahia, que luta contra jejum


São seis jogos sem vencer no Brasileirão, com quatro derrotas e dois empates. A má fase afastou o Bahia do G-6 e, por isso, reconquistar o torcedor é uma das missões contra o Palmeiras, neste domingo (17), na Arena.

Ciente de que o momento não é dos melhores, o técnico Roger Machado garantiu que sobra confiança em seus comandados, apesar da pressão que existe sobre o time:

“Não tenha dúvida que esse momento pressiona. Pressiona time, jogadores, treinador. Passaram seis jogos, voltamos para casa e, na presença do nosso torcedor, não tivemos bons resultados. Mas a pressão maior que nós temos é interna”, disse o técnico.

Apesar da fase ser ruim, o Bahia não está tão distante do Internacional, time que fecha o G-7 com 49 pontos. São seis pontos a menos.

“Sabemos que podemos voltar ao nível que já apresentamos. Nossa campanha foi tão sólida que, passados seis jogos que não conseguimos um bom resultado, estamos em 9º lugar”, destacou Roger, para completar:

“A gordura que acumulamos permite que possamos estar na competição. Há uma pressão, mas hoje, mais que no começo do campeonato, acredito nesse time”.


Foto: Reprodução/Bahia