Onefootball
Mateus Alves

River e Boca fazem Superclássico sem gols no Monumental


River Plate e Boca Juniors fizeram neste domingo (1º) mais uma edição do Superclássico, só que o público que encheu o Monumental de Nuñez para assistir a uma das partidas mais badaladas do futebol mundial não viu gols. Em um jogo com mais garra do que bons tratos à bola, os rivais ficaram no 0 x 0.

O duelo, prévia das semifinais da Copa Libertadores da América, valeu pela quinta rodada do Campeonato Argentino. O Boca é o segundo colocado, com 11 pontos, dois a menos do que o San Lorenzo. O River, por sua vez, é apenas o décimo, com oito.

Primeiro Tempo

Jogando em casa, o River, atual campeão da Libertadores, foi bem superior ao Boca na primeira metade do jogo. O time comandado por Marcelo Gallardo pressionou bastante o rival e buscou o gol o tempo todo, mas não teve criatividade para armar boas oportunidades.

A melhor chance do River surgiu aos 44 minutos, um chute de De La Cruz defendido por Andrada. A equipe visitante praticamente não entrou na área do goleiro Armani.

Segundo Tempo

O River saiu com tudo na etapa final e ficou muito perto de abrir o placar, especialmente aos quatro minutos, quando Martínez recebeu de De La Cruz e, em ótima posição, chutou para fora.

Aos sete, o Boca finalmente deu sinal de vida com um chute bastante perigoso de Mac Allister. Foi a melhor coisa que fez o ataque dos visitantes durante todo o Superclássico.

No resto do tempo, o River trabalhou duro para obter o gol da vitória, mas a ótima defesa do Boca levou a melhor e garantiu que o confronto não tivesse gols.


Foto: Alejandro Pagni/AFP/Getty Images