Perto do fim do contrato, Geuvânio avalia permanência no Fla

Onefootball alexandrefernandes

Emprestado pelo Tianjin Quanjian, da China, atacante nunca se firmou na equipe rubro-negra, mas eleição "pode mudar tudo"


Contratado com status de grande reforço, Geuvânio decepcionou e agora, com o contrato perto do fim (31 de dezembro), fez um balanço do ano do Flamengo e deixou o futuro em aberto, já que haverá eleição presidencial no próximo sábado (08).

“Veremos o que acontecerá. Agora quero descansar, o ano foi muito corrido. Em janeiro, conversaremos sobre isso. Ano de eleição muda muita coisa e preciso esperar para ver como será.  O clube é maravilhoso, não existe. Um dos maiores do Brasil e a torcida empurra muito o time. Sou muito grato por ter jogado lá”, disse Geuvânio à “Espn Brasil”, antes de completar.

“Foi um ano bom e fizemos 72 pontos. Foram números de campeão. Mas pela campanha do Palmeiras foi merecido o título. Nosso ano foi maravilhoso. Claro que projetávamos títulos que não vieram, mas estamos no caminho certo. Ano que vem, certeza que um horizonte legal está se abrindo para o Flamengo”.