Onefootball
Vitor Geron

Os maiores artilheiros da história da Copa América


Brasil e Argentina dividem a artilharia histórica da Copa América. O argentino Norberto Méndez e o brasileiro Zizinho, com 17 gols cada, ocupam o topo da lista de artilheiros da competição.

Mesmo muitas décadas após balançarem as redes, Méndez e Zizinho seguem imbatíveis, mas agora têm o recorde ameaçado pela sequência de edições da Copa, com eventos em 2015, 2016, 2019 e a próxima edição prevista para 2020.

Australia-v-Peru-Group-C-2018-FIFA-World-Cup-Russia-1560171351.jpg

Dos jogadores em atividade em 2019, os mais próximos dos 17 gols são o peruano Paolo Guerrero e o chileno Eduardo Vargas. O atacante do Internacional tem 11 gols, somando os 19 jogos nas edições de 2007, 2011, 2015 e 2016. Vargas, ex-Grêmio e atualmente no Tigres, do México, tem dez gols nos 12 jogos disputados no bicampeonato de 2015 e 2016.

FBL-WC-2018-CHI-ECU-1560171433.jpg

Na lista de artilheiros históricos da Copa América há outros grandes artilheiros sul-americanos da história do futebol.

Argentinian-forward-Gabriel-Batistuta-leaves-the-p-1560171483.jpg

O argentino Gabriel Batistuta, por exemplo, marcou 13 gols somando as edições de 1991, 1993 e 1995.

Brazilian-forward-Ronaldo-listens-to-the-1560171574.jpg

O brasileiro Ronaldo fez dez gols após atuar em 1995, 1997 e 1999.

Veja o ranking histórico:

  1. Norberto Méndez (ARG): 17
    Zizinho (BRA): 17
  2. Severino Varela (URU): 15
    Teodoro Fernández (PER): 15
  3. Gabriel Batistuta (ARG): 13
    José M. Moreno (ARG): 13
    Héctor Scarone (URU): 13
    Ademir de Menezes (BRA): 13
    Jair da Rosa Pinto (BRA): 13
  4. Roberto Porta (URU): 12
    Ángel Romano (URU): 12