Onefootball
Robert Born

Opinião: Isto é o que vai acontecer no Choque-Rei de sábado (ou não)


São Paulo e Palmeiras duelam no Morumbi mais um Choque-Rei neste sábado (12).

Há dúvidas de quantas vezes esta rivalidade entrou em campo. São Paulo contabiliza 330 partidas, desde 1930 (ano de fundação do clube), enquanto o Palmeiras totaliza apenas 314 partidas desde 1936, ano em que o rival foi refundado.

Diferenças à parte, o jogo de amanhã promete ser histórico. Veja a diferença em cada time e qual o resultado da partida 24 horas antes de acontecer. Sim, vim do futuro para vos informar sobre o que aconteceu no sábado à noite dentro do Morumbi.

Recente histórico

No Brasileirão, o Palmeiras está voando alto. Depois de nove partidas, empatou apenas uma e venceu as outras oito. O time também levou apenas dois gols na competição.

O São Paulo não vence há cinco jogos no Brasileirão, sendo uma delas derrota. Porém, empates contra Avaí e Bahia não empolgaram o torcedor.

Ponto para o Palmeiras.

Desfalques

A única coisa boa da pausa para a Copa América é que os elencos voltam mais completos, com menos gente no departamento médico.

No lado do Palmeiras, que enfrentou o Internacional no meio de semana, Felipão já avisou que irá fazer cinco ou seis mudanças para não desgastar.

Já o São Paulo vem com tudo. Antony e Pablo foram liberados pelo departamento médico para atacar a defesa palmeirense.

Ponto para o São Paulo.

Homem-chave

O Palmeiras tem um elenco gigante e completo. Porém, o homem-chave da equipe continua sendo o mesmo do ano passado: Dudu.

Caso o atacante não esteja entre as “cinco ou seis mudanças” do Felipão, a bola irá correr solta ao redor da área com a boa visão, passe e chute preciso do atleta do Porco.

Palmeiras-v-Junior-Barranquilla-Copa-CONMEBOL-Libertadores-2019-1562949311.jpg

O técnico Cuca faz mistério na escalação, mas Pato, Antony e Pablo deve começar no ataque, juntamente com Hernanes e Tchê Tchê fazendo o apoio no meio de campo.

O São Paulo ainda não convenceu e as esperanças de que Pato faça a diferença estão cada vez menores. Desta forma, o homem-chave da equipe Tricolor deve ser Pablo.

O novo camisa nove ainda é o artilheiro do ano, apesar de não ter jogado no Brasileirão. O último gol do atacante foi contra quem? Palmeiras!

Ponto para o Palmeiras.

Torcida

Será a primeira partida do São Paulo no Morumbi desde que perdeu para o Bahia na Copa do Brasil no dia 22 de maio.

A vontade do torcedor de curtir de perto o time do coração, aliada com a rivalidade, deve garantir casa cheia.

Ponto para o São Paulo.

Como será o jogo

Fora de casa, o Palmeiras vai apostar no contra-ataque direto. Acreditar na genialidade individual de Dudu e no bom posicionamento de Deyverson ou Borja (caso o colombiano jogue). Sem a bola, vai pressionar erro do adversário. Com a bola, irá fazer o estilo tiki-taka e aguardar uma penetração do centroavante na grande área.

O São Paulo irá enfiar as bolas na área para Pablo. Caso a defesa palmeirense afaste de cabeça, Pato a recolhe e tenta algum milagre de fora da área, ou devolve para Hernanes que irá acionar as laterais novamente. Caso a bola passe por Pablo, Antony irá recuperar a bola e tentar jogada individual pela ponta, sempre focando no chute cruzado na esperança de um gol ou passe sem querer na pequena área.

Resultado do jogo

São Paulo 1 x 2 Palmeiras