Onefootball
Nathalia Araújo

O modo indoor do FIFA 98


Um dos maiores simuladores de futebol do mundo já teve uma característica única: um modo indoor que permitia jogar as partidas com as melhores seleções do mundo.

Antes de começar a ler este texto, assista ao vídeo abaixo. Bem-vindo ao ano de 1998 – o ano em que nasceu Sasha, a filha da Xuxa; o ano em que Titanic arrebatou multidões; no qual o Vasco se tornou campeão da Libertadores e o ano do lançamento DO JOGO: FIFA 98 – Road to World Cup.

A introdução, ao som de “Song 2” do Blur, era exatamente a antecipação que se esperava. FIFA 98 foi um dos melhores simuladores de futebol da história, e não apenas por incluir todas as seleções do mundo naquela época e ter a opção de levá-las ao Mundial. Mas também por introduzir um modo único até então – o modo indoor, no qual você podia jogar futebol “internamente”. Algo parecido já havia sido desenvolvido no FIFA 97, mas, nesta versão, teve um salto tremendo de qualidade.

Animação desde o primeiro minuto

Passes, dribles, chutes e todas as ações imagináveis eram possíveis sem que a bola saísse de campo. Esse modo indoor causou muita agitação em encontros, que se transformaram em verdadeiras batalhas até o cronômetro atingir zero.

Além disso, era possível escolher diferentes tipos de “campos”: desde os típicos, de madeira, até os que foram baseados em estádios do jogo.

Infelizmente, essa modalidade não apareceu em outras versões da saga FIFA – até o ano de 2012, quando os fãs do jogo puderam desfrutar do FIFA Street, uma versão melhorada do modo indoor.

Apesar de, hoje, os simuladores oferecerem uma experiência quase real do que acontece em campo, o FIFA 98 ficará para sempre na memória dos amantes do futebol como o vídeo game que mudou tudo.