Onefootball
André Gonçalves

☕️ Neymar e James na lista da Juve, e a provocação do Athletico


😮 Pai de Neymar vai reunir com diretor da Juventus

Neymars-Father-appears-In-Court-1563442637.jpg

De acordo com a RAI Sport, o pai de Neymar está em Itália para discutir uma eventual transferência do filho para a Juventus.

O canal italiano revela que, perante a intransigência do PSG em negociar Neymar com o Barça, seu pai está buscando alternativas no mercado.

O empresário da estrela brasileira vai reunir com Fabio Paratici, diretor esportivo da Juve para perceber se a Vecchia Signora tem possibilidades financeiras de avançar com uma proposta.


👀… e a Juventus também está de olho em James Rodríguez

Colombia-v-Chile-Quarterfinal-Copa-America-Brazil-2019-1563443441.jpg

A Juventus promete agitar esta janela de transferências. James chegou a estar com um pé no Napoli, mas o time do sul de Itália pretendia receber o colombiano por empréstimo, com opção de compra no fim da temporada, algo que não agrada a Florentino Pérez.

O Real Madrid precisa de equilibrar as contas até setembro e, de acordo com o AS, o presidente merengue prefere encaixar cerca de 50 milhões de euros de imediato com a venda de James.

Esta é uma quantia que está perfeitamente ao alcance da Juventus. Segundo o Calciomercato, o gigante italiano se prepara para entrar no leilão pelo jogador de 28 anos.


👃Jogadores do Athletico justificam provocação e ‘cheirinho’ após vencerem o Flamengo

Essa história do “cheirinho” voltou para assombrar o Rubro-Negro.

O Athletico Paranaense venceu o Flamengo após cobrança de pênaltis e conquistou uma vaga na semifinal da Copa do Brasil.

Após o apito final, os jogadores do Furacão roubaram a cena, provocando o Flamengo em dose dupla com uma imitação da celebração de Gabigol e o clássico gesto do “cheirinho”.

Bruno Guimarães explicou que a equipe estava engasgada com as provocações de Gabigol desde o primeiro jogo na Arena da Baixada. Gabigol terá provocado o Athletico, afirmando que “o empate era bom e que no Maracanã seria fácil”.

Lé Pereira confirmou que Gabigol provocou os jogadores do Furacão durante a partida, afirmando, orgulhoso, que o Athletico provou que Gabigol não tinha razão.

O técnico do Athletico, Tiago Nunes, referiu que estas coisas são “situações normais no futebol” e Gabigol declarou que “cada um festeja do seu jeito”.


Imagem: Getty