Onefootball
André Gonçalves

Nem um milhão de euros acalma ‘luta’ entre Neymar e Cavani


O atacante uruguaio terá rejeitado um milhão de euros para deixar de bater pênaltis.

A novela continua! A disputa entre Neymar e Cavani não pára apesar dos esforços da directiva. De acordo com El País, o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, terá feito uma oferta (teoricamente) impossível de recusar a Cavani: um milhão de euros a pronto, mesmo sem ser o artilheiro da Ligue 1.

A directiva parisiense teria enviado um intermediário para oferecer o milhão “mágico” ao uruguaio, caso este deixasse Neymar ser o novo cobrador de pênaltis do time. A manobra de charme não correu bem, uma vez que Cavani não abdica de seus pênaltis.

Cavani entende que o dinheiro “não compra tudo” e há valores mais importantes para a equipa. O uruguaio defende que as hierarquias do clube têm de ser respeitadas e que Neymar terá de honrar o seu estatuto no clube francês.

Thiago Silva, Thiago Motta e Dani Alves tentaram serenar ânimos entre Cavani e Neymar, mas a situação parece longe de estar resolvida. Ainda mal começou a época e o PSG já está tentando reconstruir o seu vestiário.