Onefootball
Marcos Monteiro

Jornalista revela valor do VAR no Paulistão 2019


De acordo com o jornalista Marcel Rizzo, em seu blog no UOL Esporte, a Federação Paulista de Futebol irá desembolsar R$ 28 mil por jogo para garantir o VAR na fase final da principal divisão do campeonato estadual.

A empresa responsável pela tecnologia será a mesma empresa que providenciou o árbitro de vídeo para a Fifa na Copa do Mundo de Rússia. A Hawk-Eye Innovations receberá, ao todo, R$ 392 mil para garantir o serviço na fase mata-mata do Paulistão.

Além deste valor fixo, gastos extras com segurança, divulgação e funcionários (além do quadro de empregados da Hawk-Eye) podem aparecer. Todo o valor será quitado pela Federação.

Ainda de acordo com Rizzo, o valor da FPF é inferior ao valor cotado pela CBF para a implementação da tecnologia no Brasileirão. A confederação nacional propôs aos clubes uma oferta de R$ 50 mil por jogo. O valor deveria ser pago em sua totalidade pelos times. Das 20 equipes da Série A, 13 rejeitaram.

O Paulistão começa neste sábado (19). A primeira fase, até dia 20 de março, ocorrerá sem o árbitro de vídeo. As partidas com o VAR serão a partir das quartas de final, que começam no dia 24 de março.