Onefootball
André Gonçalves

Jesus dribla o fisco português e vai continuar na Arábia Saudita


Jorge Jesus já acertou a rescisão com o Al Hilal, a troco de uma indemnização de cerca de 500 mil euros, mas não vai regressar a Portugal num futuro próximo.

O técnico português vai ser o responsável máximo de uma academia de futebol em Riade, financiada pelo Ministério do Desporto Saudita.

Jesus será o responsável pelo planeamento de infraestruturas, contratação de staff técnico e coordenação da academia. Turki Al Sheikh, ministro do desporto, confirmou a contratação de Jesus à imprensa saudita: “Reuni-me com Jorge Jesus, que acolheu bem a ideia e vai deitar mãos à obra. Ele tem a experiência em três academias em Portugal. Haverá técnicos de várias nacionalidades e vamos usar tecnologia de ponta e métodos de treino de última geração para desenvolver jovens futebolistas”.

Não regressando a Portuga nesta altura, Jesus evita a tributação em Portugal e extende o seu visto na Arábia Saudita até 31 de dezembro de 2019. Caso voltasse a terras lusas neste momento, o técnico teria de entregar cerca de 3 milhões de euros em sede de IRS.