Onefootball
Marcos Monteiro

Investigação aponta que Emiliano Sala pode ter sido envenenado


Relatório do Departamento de Investigações de Acidentes Aéreos do Reino Unido aponta que o jogador Emiliano Sala foi exposto níveis “potencialmente fatais” de monóxido de carbono.

As investigações revelaram que o nível da substância no sangue de Sala era de 58%, o que pode causar convulsões, falta de consciência e ataques cardíacos.

“Testes toxicológicos apontam que o passageiro tinha altos níveis de concentração de COHb (a combinação de monóxido de carbono e hemoglobina)”, afirmou o relatório.

“Neste tipo de aeronave, o cockpit não é separado da cabine, portanto pode-se considerar que o piloto também tenha sido exposto às mesmas condições de monóxido de carbono”, disse ainda o comunicado.

O corpo de David Ibbotson, piloto da aeronave, nunca foi encontrado.


Foto: Loic Venance/AFP/Getty Images