Onefootball
Flávio Botelho

Brasil para na forte defesa da Inglaterra, e amistoso em Wembley termina em 0 x 0


Em primeiro jogo contra um adversário europeu, a Seleção Brasileira não consegue furar a forte marcação da Inglaterra e jogo termina sem gols

Foi a primeira “prova de fogo” de Tite fora da América do Sul: enfrentar a Inglaterra, que vem de bons resultados, no mítico estádio de Wembley. Apesar das adversidades, o Brasil encontrou um bom ritmo de jogo, dominou a posse de bola durante toda a partida, mas parou no forte esquema de marcação escalado pelo treinador inglês Southgate. Ao final dos 90 minutos, um morno 0 x 0 em Londres. Foi a última partida da Seleção Brasileira em 2017.

Durante o primeiro tempo, o Brasil dominou o meio-de-campo e envolveu a seleção inglesa, que compactou sua marcação em duas fortes linhas, uma de cinco jogadores (três zagueiros e os dois laterais) e outra com quatro, deixando apenas Vardy mais avançado para um contra-ataque, e isso acabou deixando o jogo muito amarrado. Com mais posse de bola do que a Inglaterra (70% a 30%), a Seleção girava a bola de um lado para o outro, mas não conseguiu romper a forte marcação inglesa. O jogo foi para o intervalo com o placar inalterado: 0 x 0.

No segundo tempo, a situação da partida repetiu o que se viu durante a primeira etapa: muita posse de bola brasileira, muita troca de passes, mas nenhuma ação ofensiva de perigo ao gol de Hart. Aos 20 minutos, Tite promoveu as primeiras alterações na Seleção: Willian no lugar de Philippe Coutinho e Fernandinho no lugar de Renato Augusto. Aos 30, mais uma mexida: saiu Gabriel Jesus, entrou Roberto Firmino.

Entretanto, mesmo com as substituições feitas por Tite, o jogo continuou na mesma toada e terminou em 0 x 0.