Onefootball
Marcos Monteiro

Gigantes europeus preparam boicote ao Mundial de Clubes da Fifa


De acordo com a agência Reuters, os clubes europeus preparam um boicote ao novo Mundial de Clubes proposto pela Fifa. A ideia inicial de Gianni Infantino, presidente do órgão máximo do futebol, era de organizar um Mundial com 24 clubes, a partir de 2021. Porém, após a ameaça de boicote por parte dos europeus, os planos de Infantino estão ameaçados.

Em carta à Uefa e à Fifa, assinada pelo presidente da Associação Europeia de Clubes (ECA, em inglês), Andrea Agnelli, também presidente da Juventus, o órgão que representa 232 clubes europeus afirmou que é contra qualquer mudança no formato do Mundial de Clubes e que os europeus não participariam da nova competição.

Torino-FC-v-Juventus-Serie-A-1552656408.jpg

Parte da carta, publicada pelo jornal alemão Suddeutsche Zeitung, mostra a insatisfação da ECA com as mudanças propostas.

“[A ECA é] firmemente contra qualquer aprovação de uma revisão no Mundial de Clubes neste momento e confirma que os clubes representados pela ECA não participarão de tal campeonato”.

Além do presidente da Juve, a carta tem também os nomes de dirigentes de outros grandes clubes europeus, como Barcelona, Manchester United e Ajax.

A proposta para o novo formato do Mundial deve ser votada ainda nesta sexta-feira, em Miami.