Onefootball
Marcos Monteiro

Ex-presidente da CBF é condenado por corrupção e banido do futebol


O Comitê de Ética da Fifa julgou na manhã desta segunda-feira (15) José Maria Marin, ex-presidente da CBF, como culpado por corrupção. Como parte da pena, o ex-mandatário foi banido, para sempre, de todas as atividades envolvendo futebol. Além disso, Marin terá de pagar uma multa no valor de 1 milhão de francos suíços (R$ 3,8 milhões).

“A investigação sobre o senhor Marin revelou vários esquemas de suborno, em particular entre 2012 e 2015, na relação com seu papel em conceder contratos a empresas de mídia e direitos de marketing de competições da Conmebol, Concacaf e CBF”, afirmou comunicado da Fifa.

Não é o primeiro banimento de Marin do futebol. Previamente o ex-presidente da CBF havia recebido a punição de forma temporária. Em agosto de 2018 havia sido condenado a quatro anos de prisão por envolvimento em esquemas de corrupção. Marin já passou também por períodos de prisão domiciliar.