Onefootball
Robert Born

❤️️ Especial dia dos namorados: o namorico entre jogadores


É dia dos namorados no mundo inteiro, exceto no Brasil. Dia 14 é dia de homenagear o parceiro ou parceira querida e isso não acontece apenas fora das quatro linhas.

Nós listamos o caso de amor entre atletas do mundo da bola. E não, não estamos falando de um jogador namorando uma jogadora, por exemplo, mas outros fatos mais curiosos. Tudo na brincadeira, é óbvio.

Confira.


Zlatan Ibrahimovic ❤️️ Ronaldo Fenômeno

Zlatan Ibrahimovic se auto-intitula ser um “Deus”. Ainda assim, segundo o próprio sueco, só há uma pessoa maior do que ele: Ronaldo Fenômeno.

“Eu colocava fotos do Ronaldo no meu quarto. Ronaldo era o cara. Ronaldo era brilhante em todos os níveis”, disse Zlatan.

E este vídeo comprova o amor que ele tinha pelo jogador quando os dois se enfrentaram. Ronaldo estava no Milan e Zlatan na Inter de Milão.


Bruno Henrique ❤️️ Gabigol

Somente pelo Brasileirão, Gabigol fez 25 gols e Bruno Henrique 21. Artilheiro e vice-artilheiro.

Gabigol deu oito assistências e Bruno Henrique quatro.

A gente podia até fazer um menáge e adicionar o Arrascaeta nesta conta, mas o Brasil inteiro sabe o resultado do trio poderoso.


Pelé ❤️️ Garrincha

Do fundo do baú da memória, mas impossível que não mencionar. Pelé e Garrincha fizeram história juntos, mas nunca jogaram no mesmo clube. Pela Seleção Brasileira, a dupla anotou 55 gols e conquistaram duas Copas do Mundo.

Quando os dois estavam juntos em campo, a Seleção Brasileira nunca perdeu um jogo.


Cannavaro ❤️️ Thuram

Juventus-defender-Lilian-Thuram-of-Fran-1581686162.jpg

Foto: CARLO BARONCINI/AFP via Getty Images

A dupla de zaga protagonizou um amor que parou os melhores ataques. Não bastasse os dois serem protagonistas do time no Parma entre 1996 e 2001, o italiano e o francês se reencontraram em 2004 quando voltaram a jogar juntos com a camisa da Juventus.


Dentes de Suárez ❤️️ carne dos adversários

Italy-v-Uruguay-Group-D-2014-FIFA-World-Cup-Brazil-1581680002.jpg

Foto: Matthias Hangst/Getty Images

Às vezes o amor é tão forte, que é amor carnal. O protagonista desse amor, se é que podemos chamar disso, é Luis Suárez.

O uruguaio já mordeu três atletas durante uma partida de futebol. Isso mesmo: TRÊS! A dentada mais famosa de todas foi durante a Copa do Mundo em 2014 quando acertou o braço de Giorgio Chiellini, da Itália.

Suárez já provou o sabor do zagueiro Ivanovic, do Chelsea, em 2013, e a primeira vez que mordeu outro atleta foi em 2010, quando mirou os caninos no ombro de Otman Bakkal, meio-campista do PSV.


Adriano ❤️️ Vágner Love

Brazilian-striker-Adriano-Ribeiro-L-o-1581680760.jpg

Foto: ALEJANDRA BRUN/AFP via Getty Images

O império do amor. Assim foi denominada a dupla Adriano Imperador e Vagner Love em 2010. No Flamengo, Love foi artilheiro do Carioca e Didico vice-artilheiro.

Apesar do sucesso de gols, o império do amor não levantou nenhum troféu e durou apenas cinco meses. Adriano foi para a Roma, na Itália, após o Flamengo ser eliminado na Libertadores daquele ano.


Foto: Reprodução/Instagram