Onefootball
Matheus Palmieri

Em reunião, Raí ressalta que a ordem no São Paulo é vender


A ordem no São Paulo é vender jogador. Em reunião do Conselho Deliberativo na noite desta quinta-feira, o executivo de futebol do clube, Raí, afirmou que o clube precisa se concentrar em equilibrar as contas após ter uma participação tímida na janela de transferências.

Questionado sobre os integrantes do conselho, o ídolo tricolor ressaltou que o ano de 2019 foi fechado com um déficit de R$ 180 milhões, e que as renovações do goleiro Tiago Volpi e do lateral direito Igor Vinícius e do retorno de Tréllez foram importantes novidades para a temporada de 2020. Apesar disso, o atacante Antony seguiu no Morumbi, embora tivesse recebido algumas propostas da Europa, em especial da Alemanha.

A reunião também acordou a ampliação do patrocínio da Urbano, indo até o fim do ano e gerando R$ 2 milhões ao São Paulo pelo espaço nos uniformes dos times profissionais de futebol masculino e feminino e na equipe de basquete.


Foto: Miguel Schincariol/Getty Images