Onefootball
Alexandre Fernandes

Em apresentação,Cuca elogia elenco, mas fala em recuperar a confiança


Treinador lembrou do “DNA ofensivo” do Santos e disse que irá “dar tempo” ao elenco antes de pedir reforços à diretoria

Nesta terça-feira (31), Cuca foi apresentado no CT Rei Pelé como novo técnico do Santos. O treinador afirmou que acompanhava os jogos do Peixe bem antes de ser contratado e falou da necessidade de se recuperar a confiança dos jogadores.

“O grupo do Santos é bom, muito bom. Tem ajustes a fazer, mas é muito bom. Temos que explorar todo esse potencial deles. Quando vinha jogar aqui tinha uma dificuldade enorme. E muitos que faziam isso permanecem no elenco. Não é de uma hora para outra que chega e desenvolve tudo. Vamos resgatar a confiança deles. Vi o jogo contra o América-MG. Vi o jogo em casa, nem pensando em vir para o Santos. Time foi bem. Teve 30 chances de gols e perdeu para um time que teve três. Não era o dia para ganhar. Tem de ter paciência e persistência”, afirmou.

Para dar a tal confiança aos jogadores, Cuca decidiu que irá “dar tempo” ao elenco para que, em caso de necessidade, busque reforços no mercado da bola. Apesar da pressão por resultados, o treinador garantiu que o objetivo é buscar por algo maior que a simples fuga do rebaixamento.

“Vamos usar todo mundo. Vai chegar um jogo ou outro que alguns vão estar mais cansados. Pedi para o Ricardo e para o presidente que me dessem um tempo para avaliar o grupo. Vamos dar a eles uma oportunidade de mostrar trabalho. O Santos tem uma equipe jovem que não pode se auto pressionar. Mas se tiverem apoio, eles vão reverter isso, e vamos brigar por coisa grande no campeonato”, finalizou o técnico do Peixe.

Nesta quarta-feira (01), Cuca já terá um grande desafio pela frente. O Santos recebe o Cruzeiro, na Vila Belmiro, no primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil. E o novo treinador já definiu os relacionados para o confronto.