Onefootball
alexandrefernandes

Diego Alves revela segredo para pegar pênaltis: “Guerra psicológica”


No currículo, defesas da marca do pênalti de Messi e Cristiano Ronaldo. Recentemente, mais precisamente na vitória por 3 x 1 sobre a LDU, no Maracanã, pela Libertadores, mais uma defesa de pênalti. Feliz pelo bom momento com a camisa rubro-negra, Diego Alves falou sobre os momentos que antecedem o tiro livre direto da marca do pênalti.

“Gosto de estar ali próximo, sentir o batedor. Este nervosismo para a gente que fica perto, a gente sente. É um jogo psicológico. Não posso falar o que disse, coisa de campo, mas sempre tem esta guerra psicológica. No momento que saiu o pênalti, falei algo no ouvido para começar essa guerra”, disse ao “Sportv”.

O goleiro ressaltou a importância de Abel Braga no seu ressurgimento no Flamengo.

“Sempre confiei no meu trabalho e no que sou como goleiro. Acredito muito que ficou no passado o que aconteceu ano passado. A resposta tem que ser dentro de campo como está sendo. Não tive problema com qualquer jogador do time, eles sempre estiveram do meu lado. Isso me fortaleceu, tive ligação do Abel, Marcos Braz foi bem responsável para que eu ficasse”, concluiu.