Crônica: Tricolor Gaúcho vence em casa e sobe na tabela

Onefootball Onefootball

Apesar da vitória, equipe comandada por Renato Gaúcho não foi tão criativo e ficou devendo

O Grêmio venceu o Vasco por 2 a 0, jogando em Porto Alegre, na tarde deste domingo (4). O resultado deixa o Tricolor na segunda colocação do Campeonato Brasileiro, com nove pontos anotados. O clube carioca está em décimo, com seis.

Apesar de jogar em casa, o Grêmio não foi um time tão criativo quanto se esperava. O Vasco jogou o primeiro tempo mais fechado e só sofreu gol porque Geromel foi empurrado na área e o árbitro pegou no flagra. Na volta, o time do Rio de Janeiro foi superior, mas não conseguiu converter isso em gols e acabou sofrendo o segundo.

Primeiro tempo

O primeiro tempo entre Grêmio e Vasco será lembrado por ser um duelo de muita marcação e poucas jogadas ofensivas.

O Vasco adotou a estratégia que tem feito nos últimos jogos: evitar sofrer gols nos 15 primeiros minutos, se defender com qualidade e sair com jogadas em velocidade.

A equipe vascaína jogava atrás da linha da bola. Os zagueiros do Grêmio tinham a liberdade de avançar e ajudar na criação, o que ajudava o Tricolor, mas era perigoso, pois o Vasco esperava o contra-ataque.

Na reta final do primeiro tempo, a equipe de Milton Mendes cometeu pênalti e Lucas Barrios mandou para o fundo das redes, com força.

Após o tento, o Vasco passou a atacar mais e buscar seu primeiro gol, mas não teve sucesso até o apito que mandou os atletas para o intervalo.

Segundo tempo

Na segunda etapa, o time da Colina voltou melhor, mais aberta e querendo mais o jogo e o empate.

O volume do Vasco, no entanto, não surtiu efeito e a equipe não conseguia o gol de empate. Tendo em vista que estava melhor, o técnico Milton Mendes colocou Nenê para tentar aumentar a criatividade. Porém, não conseguiu. O Grêmio então buscou o segundo gol, já nos acréscimos, com Luan e chegou a vice-liderança.