Conmebol rejeita recurso do Boca e confirma final da Libertadores

Onefootball alexandrefernandes

Diretoria xeneize queria os pontos da partida que não foi realizada no Monumental de Nuñez devido ao ataque de torcedores do River


Nesta quinta-feira (06), a Conmebol anunciou que a Câmara de Apelações da entidade não aceitou o recurso apresentado pelo Boca Juniors, que pedia os pontos da segunda partida contra o River Plate, que deveria ter acontecido no Monumental de Nuñez, mas foi cancelado devido a um ataque dos torcedores do Millonarios contra o ônibus dos Xeneizes.

Este recurso do Boca Juniors foi feito no último sábado (01), um dia após o Tribunal Disciplinar da Conmebol rejeitar o pedido da diretoria xeneize em obter os pontos da partida. Esta decisão, inclusive, confirmou a final da Libertadores no Santiago Bernabéu, em Madri.

A tentativa da diretoria do Boca Juniors em apelar em todas as instâncias para conseguir os pontos da partida – e o consequente título da Libertadores 2018 – se deve pela pressão de torcedores, jogadores e até jornalistas para que a Conmebol usasse do mesmo critério imposto ao Boca na Libertadores 2015, quando torcedores xeneizes tacaram gás de pimenta no túnel de acesso dos jogadores do River Plate, o que causou a eliminação do Boca Juniors naquele ano.