Onefootball
Luiz Signor

🗒 Com gols de zagueiro artilheiro e Cano, Vasco bate a Portuguesa


Abel Braga mudou de ideia e escalou o que tinha de melhor, preservando apenas Talles Magno. E a aposta deu certo.

Com dois gols de Werley e mais um de Cano, o Vasco venceu a Portuguesa por 3 x 2 neste domingo (9), no Elcyr Resende, pela última rodada da Taça Guanabara.

Com a vitória, o Cruz-Maltino encerrou o primeiro turno com sete pontos e na quarta colocação do Grupo B. A Portuguesa ficou com seis e também em quarto, mas no A.

O Vasco voltará a atuar na próxima quarta (12), quando vai até o Piauí, enfrentar o Altos, pela primeira fase da Copa do Brasil.

A Lusa carioca, por sua vez, só terá compromisso no dia 1º de março. Visitará o Bangu em Moça Bonita.

⏱Primeiro tempo

O Cruz-Maltino era melhor e já tinha acertado o travessão. Eis que, aos 32, Henrique cobrou escanteio curto para Pikachu, que mandou a bola na cabeça do zagueiro.

Foi o primeiro gol do defensor em 60 jogos pelo clube.

A Lusa carioca chegou ao empate logo depois, com Chay. Ele começou a jogada e apareceu para concluir de cabeça.

Mas Werley estava em campo. Novo escanteio e bola perfeita de Pikachu na cabeça de Werley, aos 47.

⏱Segundo tempo

O Vasco começou a etapa final pressionando. E só não ampliou graças a Max, que salvou a conclusão de Cano, aos seis minutos.

A Portuguesa não conseguia se impor. O ritmo do jogo caiu, com o time de Abel Braga melhor, mas sem conseguir criar muito.

Mas houve tempo para o terceiro gol cruz-maltino. Diego Guerra salvou em cima da linha a bicicleta de Cano, aos 35.

Mas, aos 40, ele marcou. Após grande jogada de Vinicius, o argentino recebeu e, de bico, completou para o gol.

A Portuguesa era valente, não desistiu e descontou. Maicon Douglas recebeu de Valdir, se livrou de Pikachu e marcou o segundo da Lusa carioca, aos 46.


Foto: Rafael Ribeiro/Vasco