Onefootball
Marcos Monteiro

Celular sempre ao lado: o plano do Barça para recuperar Dembélé


Alternando jogadas geniais, com atrasos de mais de duas horas, francês está sob observação e terá que cumprir exigências do clube.

Após ser comprado por mais de 100 milhões de euros, Dembélé completou, recentemente, um ano de Barcelona. Com atuações que justificaram o investimento, e casos extra-campo que colocam em dúvida seu comprometimento com a equipe, o jogador passará a obedecer um plano de ação do Barça.

De acordo com o jornal espanhol Marca, o entendimento do clube é de que Dembélé não arranja problemas “de maneira proposital”, para forçar uma saída, por exemplo. Mas sim, por sua falta de maturidade. O atacante tem 21 anos.

O jornal relata que é comum o francês mandar mensagens aos colegas de clube perguntando o horário do treino no dia seguinte.

O grande problema de Dembélé, inclusive, é o horário. Em seu estilo Netflix and chill, o jovem tem problemas em dormir cedo. É comum passar horas à frente do videogame e séries.

Parte do plano do Barcelona, portanto, é que, a partir de agora, o jogador não pode mais dormir com o celular no silencioso. Desta forma, sempre que for necessário, um funcionário do clube irá telefonar para acordá-lo.

A diretoria se animou com as atuações recentes do ponta, mas o discurso oficial é de que o jogador pode render ainda mais.