Bruno Henrique fica no Santos, mas reafirma carinho pelo Cruzeiro

Onefootball alexandrefernandes

Atacante revela irritação com presidente do Peixe, José Carlos Peres, por "leilão" e revela sonho com a Raposa: "Tenho vontade de um dia jogar lá"


Razão ou coração? Esse tem sido o dilema de Bruno Henrique nos últimos dias. Principalmente após o presidente do Santos, José Carlos Peres, ter falado abertamente na possibilidade de fazer um “leilão” com o jogador. Se na Vila Belmiro o clima ficou estranho, o atacante não nega o desejo de jogar no Cruzeiro, apesar de garantir que cumprirá o contrato com o Peixe, que vai até janeiro de 2021.

“Tenho carinho pelo Cruzeiro, claro, não vou mentir. Tenho vontade de um dia jogar lá, mas tenho contrato e quero ficar no Santos”, disse Bruno Henrique em entrevista ao jornal “Folha de São Paulo”, antes de completar.

“Nenhum jogador gosta de ser leiloado. Acho que ele (presidente do Santos) foi infeliz nessa posição, em falar leilão. Hoje não sei o que o presidente pensa para mim no ano que vem. Só sei o que eu penso. Vou ficar. Tenho contrato, vou permanecer. Ficarei no Santos”.