Onefootball
Alexandre Fernandes

Balanço geral: como foi o ano do Vitória?


Das derrotas doídas nos BaVis ao rebaixamento no Brasileirão, passando por vexame na Copa do Nordeste: um resumo do ano rubro-negro

2018, definitivamente, é um ano em que o torcedor do Vitória pode esquecer. Ou, quem sabe, deixar bem guardado na memória para nunca mais se repetir. Absolutamente tudo o que foi tentado deu errado e, para piorar, o requinte de crueldade veio em dolorosas derrotas para o maior rival.

Além de passar o ano sem conquistar sequer o Estadual, o Vitória ainda terminou o ano na vergonhosa penúltima colocação. Em 2019, seja na Série B ou no Campeonato Baiano, o Rubro-Negro precisa se reinventar para não passar tanto sufoco mais uma vez.

😕 Campeonato Baiano

Após terminar a primeira fase na liderança, com 22 pontos, o Vitória eliminou o Bahia de Feira com um empate (1 x 1) e um triunfo (3 x 2) nas semifinais. Na decisão, porém, o primeiro baque: derrotas de 2 x 1 e 1 x 0 para o Bahia e um amargo vice-campeonato estadual em casa. Neílton foi o artilheiro da competição.

Vitoria-v-Santos-Brasileirao-Series-A-2014-1544833436.jpg

__________________________________________________________________________________

😕 Copa do Nordeste

No campeonato regional, o roteiro foi mais ou menos o mesmo. Liderança do grupo B com 13 pontos (4 vitórias, 1 empate e 1 derrota). Porém, logo nas quartas de final, um empate em 0 x 0 e uma vergonhosa derrota por 3 x 0 para o Sampaio Corrêa (futuro campeão do torneio em cima do Bahia).

__________________________________________________________________________________

😕 Copa do Brasil

Mais uma vez, o Vitória chegou a “iludir” seu torcedor, mas acabou tendo um gosto amargo no final. No maior torneio mata-mata do país, o Leão Baiano começou eliminando Globo, Corumbaense e Bragantino. Na quarta fase, o Rubro-Negro eliminou o Internacional nos pênaltis (4 x 3), após empatar em 2 x 2 no Beira-Rio. Porém, ao pegar o Corinthians nas oitavas de final, empate em 0 x 0 no Barradão e derrota por 3 x 1 em Itaquera.

 

__________________________________________________________________________________

🇧🇷 Brasileirão

Na principal competição do país, o que já estava ruim, ficou ainda pior. Em nenhum momento das 38 rodadas, o Vitória deu qualquer esperança ao torcedor. Antes mesmo da parada da Copa da Rússia, quando alguns times conseguiram “respirar”, o Rubro-Negro Baiano ficou apenas na 16a posição, com 12 pontos conquistados em 12 jogos.

Seguidas trocas de treinador, salários atrasados e o Barradão sem colocar “pressão” nos adversários, foram um resumo do que o Vitória fez no Brasileirão. Como resultado, um esperado rebaixamento antes mesmo da última rodada, terminando a competição na penúltima colocação, com 37 pontos.

Palmeiras-v-Vitoria-Brasileirao-Series-A-2018-1544834065.jpg

 

__________________________________________________________________________________

⚽️ Emoji para descrever a temporada

😩

__________________________________________________________________________________

🖼 Figura do time

Botafogo-v-Vitoria-Brasileirao-Series-A-2017-1544833827.jpg

Neílton, mais uma vez, foi o destaque do Vitória na temporada. O jovem e rápido atacante sempre deu opções aos treinadores e esperança ao torcedor rubro-negro para balançar as redes adversárias. Mas até um talento nato como o do camisa 7 naufragou diante de tantas bagunças dentro e fora de campo.