Onefootball
Nathalia Araújo

Apenas oito times não mudaram de técnico desde o começo do Brasileirão


O futebol brasileiro está ficando mais famoso pela constante queda de técnicos do que pelo jogo em si. E tal fato não é a toa: dos 20 clubes da Série A, apenas oito não mudaram de treinador desde o início do Brasileirão.

Se engana quem pensa que só trocou de técnico clubes que vivem momentos de crise ou que lutam contra o rebaixamento. Nem mesmo o líder Flamengo ou o atual campeão Palmeiras escaparam de entrar na dança das cadeiras.

O seleto grupo dos oito times que (ainda) não trocaram de treinador desde o início do Campeonato Brasileiro, em 27 de abril, inclui:

  1. Santos: com Jorge Sampaoli desde 17/12/2018
  2. Corinthians: com Fábio Carille desde 07/12/2018
  3. Internacional: com Odair Hellmann desde 25/11/2017
  4. Bahia: com Roger Machado desde 02/04/2019
  5. Grêmio: com Renato Gaúcho desde 18/09/2016
  6. Athletico-PR: com Thiago Nunes desde 26/06/2018
  7. Atlético-MG: com Rodrigo Santana desde 18/04/2019
  8. Vasco: com Vanderlei Luxemburgo desde 13/05/2019

O Vasco é um caso em particular: após demitir Alberto Valentim, o clube iniciou a liga nacional sem um treinador oficial. Apenas no dia 13 de maio, Luxa foi contratado. Contudo, ao longo do campeonato, não mais trocou de técnico e, por isso, foi incluído na lista.

Dos outros 13 clubes restantes, os que mais trocaram de comandante ao longo do Brasileirão foram Fortaleza, Fluminense e Cruzeiro, que já contaram com três diferentes treinadores no torneio.

O Botafogo foi o clube mais recente ao sair do grupo dos “sem troca-troca”, ao demitir Eduardo Barroca no último dia 7. Até o momento, um novo técnico não foi anunciado.


Foto: Buda Mendes/Getty Images Sport