Onefootball
Marcos Monteiro

Agente de Corona recebe comissão pela venda do extremo


Em 2015, quando o FC Porto contratou Corona junto ao Twente, por 10,5 milhões de euros por 70% do passe, parte do negócio ficou para trás. A comissão de Matías Bunge, agente do extremo, ainda estava em aberto.

O clube holandês quitou esta semana 3,5 milhões junto ao empresário, depois que Bunge perdoou mais de 300 mil euros na dívida.

Agora, enfim, os valores referentes à transação de Corona estão todos quitados.


Foto: Imago Images / Action Plus