Onefootball
Alexandre Fernandes

😂 As 5️⃣ piores contratações da história do Grêmio


Jogar no Grêmio, certamente, é motivo de orgulho e felicidade para todo jogador. Mas, nem sempre, a recíproca é verdadeira. Tem cada perna de pau que vestiu a camisa tricolor…

Tavarelli

Chegou ao Grêmio em 2004, após fazer boa carreira no Olimpia. No Tricolor Gaúcho, no entanto, foi só decepção e, com certeza, Tavarelli não deixa nenhuma saudade.

Felipe Baloy

Depois de se destacar no Independiente Medelín, chegou ao Grêmio em 2003, onde contribuiu (e muito!) para o rebaixamento no Brasileirão do ano seguinte. O zagueiro foi o primeiro jogador a marcar pelo Panamá em uma Copa do Mundo, na Rússia, em 2018.

Richard Morales

Atacante uruguaio no Grêmio é uma combinação que, teoricamente, tem tudo para dar certo né? Mas, infelizmente para a torcida tricolor, não foi o que aconteceu em 2008 com Richard Morales. El Chengue fez apenas seis jogos e marcou um golzinho.

Carlos Alberto

A qualidade de Carlos Alberto é inegável, tanto que, após se destacar no Fluminense, foi campeão mundial pelo Porto, do Brasileirão pelo Corinthians, além de boas passagens por outros clubes brasileiros.

Mas, ao chegar ao Grêmio em 2011, emprestado pelo Vasco, não rendeu o esperado. Dizem no lado azul de Porto Alegre que a sua melhor performance com a camisa tricolor foi imitar o goleiro Kidiaba, do Mazembe, para provocar o rival colorado.

Carlos-Alberto-R-of-Brazils-Gremio-vi-1585173544.jpg

Foto: Jefferson Bernardes/AFP via Getty Images

André

A mais recente decepção da torcida tricolor. Após chegar ao Grêmio em 2018 com o aval do técnico Renato Portaluppi, André simplesmente não conseguiu fazer nada de bom. Em 74 jogos, marcou 11 gols e irritou demais o torcedor do Imortal.

Libertad-v-Gremio-Copa-CONMEBOL-Libertadores-2019-1585173504.jpg

Foto: Amilcar Orfali/Getty Images


Foto de destaque: Silvio Avila/AFP via Getty Images