Onefootball
Tay Cristófani

🏅 Três gringos, Fortaleza, Flamengo e Chape na seleção da 33ª rodada


Desde a volta de Rogério Ceni, o Fortaleza voltou a conquistar bons resultados no Brasileirão, e o 3 x 0 no CSA colocou três atletas do Leão na seleção da 33ª rodada, time com mais representantes.

Quase rebaixada, a Chapecoense conseguiu uma vitória importante contra o Ceará para seguir com esperanças e tem dois representantes no nosso time. E o Flamengo, claro, virtualmente campeão brasileiro, venceu o Grêmio no Sul e não podia ficar de fora.


🧤 Você não ficaria tranquilo com Diego Alves no gol? O arqueiro do Flamengo precisou trabalhar muito no segundo tempo contra o Imortal, principalmente depois da expulsão de Gabigol. Se o Rubro-Negro conseguiu os três pontos, muito está na conta de Diego.

😈 Nas alas, Tinga e Bruno Pacheco simplesmente infernizaram a lateral adversária nessa última rodada e foram imprescindíveis para as vitórias de Fortaleza e Chape. Tinga marcou o seu, e Pacheco deu assistência para Everaldo marcar.

💪 Rodrigo Moledo e Paulão, uma zaga de respeito. O zagueiro do Internacional conseguiu segurar o Corinthians fora de casa e não errou nada. Já o defensor do Fortaleza fez gol e sua defesa não foi vazada, merecem a seleção.



🔥 Juninho pegou fogo na rodada 33 do Brasileirão. O volante do Tricolor do Ceará fez um gol e deu uma assistência na vitória do Fortaleza – acabou com o jogo.

🇾🇪 Dani Alves voltou a jogar bem. Mais avançado no clássico San-São, conseguiu apoiar, criar boas chances e marcou o gol de empate do Tricolor.

🇺🇾 Uruguai em dose dupla para completar o meio de campo: Carlos Sánchez e Arrascaeta. Muito bem durante todo o campeonato, o experiente meia santista é maestro, motorzinho, bate pênalti, só não bate escanteio e faz gol de cabeça ao mesmo tempo. Arrasca mostrou estar pronto para a final da Liberta, foi perfeito na Arena do Grêmio.

💚 Everaldo é sinônimo de gols. Destaque na campanha ruim da Chape, já tem 12 gols no Brasileirão e decidiu na Arena Condá contra o Ceará.

🇨🇴 Miguel Borja, ele mesmo, completa o ataque. Depois de um ano sem marcar, o colombiano entrou muito bem e empatou a partida diante do Bahia com uma finalização precisa. Borja se movimentou, criou, e volta aos holofotes na seleção da 33ª rodada.


Foto: Miguel Schincariol/Getty Images Sport